fbpx

Publicações

Fimose – Um problema de Crianças e Adultos

O que é Fimose?

A fimose ocorre quando o prepúcio (pele que cobre a glande peniana) não possui a capacidade de retrair para expor a glande. Isso acarreta dificuldade de higienização do pênis, podendo acarretar desde simples infecções até o câncer de pênis.

Normalmente, a maioria dos recém-nascidos apresenta a fimose (uma fimose esperada para a idade, também chamada de fimose fisiológica) e de modo geral desaparece até os 3 anos de idade. Se isso não acontecer, é necessário tratamento para resolver o problema.

Enquanto a fimose persiste o homem pode apresentar sintomas para urinar, infecção urinária, inflamação no pênis e prepúcio, dor durante as relações sexuais.

SINTOMAS:

É muito fácil perceber quando um homem sofre de fimose, porque para ele é praticamente impossível retrair o prepúcio sem sentir dor. Além disso, a sensação de tensão e desgaste na área são comuns, podendo desencadear dor nas ereções e para urinar ou realizar higiene local.

Vale também observar os seguintes sintomas, para entender se você tem o problema ou não:

  • Há uma dor prepucial constante;
  • Retirar o prepúcio de cima da glande é praticamente impossível;
  • A pele da região fica irritada;
  • Ocorrem infecções na área e sangramentos;
  • Na hora de urinar se acumula excesso de pele na ponta do pênis;
  • Também existe dor ao urinar, e não é incomum que o fluxo de urina seja baixo;
  • São constantes as infecções urinárias;
  • O tecido que está em frente ao prepúcio costuma ser cheio de fibras e branco;
  • Pode ser encontrado pus no pênis;
  • As ereções costumam ser bastante dolorosas;
  • As relações sexuais também incomodam;
  • Não é raro que pontos brancos acabem aparecendo na área da glande, justamente devido à falta de limpeza do local, justificada pela presença da fimose;
  • Infecções urinárias são comuns nos homens que sofrem com o problema.

CAUSAS:

De modo geral, pode-se dizer que a fimose é uma condição congênita, ou seja, normalmente você nasce com ela, mas sabe-se que crianças podem adquirir a fimose e que adultos também. Se os pais não forem cuidadosos na primeira infância no trato do pênis do bebê o problema também pode ocorrer.

Além disso, a falta de higiene está entre uma das principais causas, assim como a inflamação do prepúcio junto a glande, a perda de elasticidade na pele do órgão e a inflamação também na glande do pênis. Sendo assim, fica claro que o problema pode vir com você no nascimento, mas uma série de fatores podem acabar favorecendo o seu desenvolvimento com o passar dos anos, então você pode evitá-la!

TRATAMENTO:

Normalmente o tratamento envolve o uso de pomadas que contam com corticoides em sua composição e que também são anti-inflamatórias. O uso de pomadas antibióticas e analgésicas também é bastante comum, a fim de ajudar a pele a deslizar com mais facilidade pela glande.

Em alguns casos, o uso dessas pomadas não adianta e é necessário fazer uma cirurgia, conhecida como postectomia, que é feita justamente para permitir que a glande possa ser exposta com facilidade.

Ainda assim, vale ressaltar que nem sempre é necessário usar pomadas ou apostar em operação, já que na maioria dos casos o problema se resolve naturalmente quando o menino tem aproximadamente 3 anos.

Sendo assim, se você é pai de um garoto com fimose converse com o médico dele para uma avaliação franca, porque ele saberá te dizer qual o melhor caminho a seguir.

PREVENÇÃO:

É importante compreender que se o bebê nasce com fimose não é possível preveni-la, justamente porque se trata de uma condição congênita que não pode ser evitada. Ainda assim, para evitar que o problema apareça ao longo da vida lave sempre o pênis no banho usando água e sabão neutro, limpando toda a área sob a pele e cuidando para que nela não se acumulem secreções e sujeiras variadas.

Se você já sofre com o problema, limpe excepcionalmente a região, para que ele não se agrave ainda mais, e no caso dos pais com filhinhos com fimose é fundamental tomar o mesmíssimo cuidado!

A fimose tem cura e pode ser tratada de uma série de formas às vezes nem precisando de intervenção médica, porque a natureza trabalha a favor! Sendo assim, fique atento se você tem o problema e consulte um médico para saber a melhor forma de proceder, para ficar tranquilo e poder seguir pelo caminho certo!

 

Fonte: https://www.ccortc.com.br/

 

Compartilhe esse Post

Related Post

97% dos meninos nascem com fimose

Estimativas apontam que cerca de 97% dos meninos nascem com fimose. Para detectar o problema, basta puxar...

Quais os problemas que um urologista pediátrico trata?

Na Urologia Pediátrica, existem várias doenças específicas dessa faixa etária, muitas vezes bem diferentes do que ocorre...

Deixe uma resposta